Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    [Debate]Você acha isso certo?

    Compartilhe
    avatar
    Newtão
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 357
    Posts Posts : 2167

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por Newtão em Sab 31 Jan 2015, 00:10

    Se for proibir um cantor, que proíba todos. Se a música infrige alguma lei, beleza. Senão, não tem que tar se metendo.
    avatar
    Vinicius Augusto
    Veterano Nv.35
    Veterano Nv.35

    Karma Karma : 347
    Posts Posts : 1281

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por Vinicius Augusto em Sab 31 Jan 2015, 00:27

    theshiro escreveu:WAT??? WAT? ;-;

    Acho que vou começar a colocar "[SARCASMO ON]" pra que as pessoas não comecem a me xingar do nada, pois acho que isso já está começando a se tornar frequente. Ruth Lemos, Sanduich
    tu quer vir pra mim falando que aquilo foi sarcasmo?
    opa , conseguiu ser mais ridículo ainda
    avatar
    Cortex
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 612
    Posts Posts : 2500

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por Cortex em Sab 31 Jan 2015, 00:38

    @Vinicius Augusto escreveu:
    theshiro escreveu:WAT??? WAT? ;-;

    Acho que vou começar a colocar "[SARCASMO ON]" pra que as pessoas não comecem a me xingar do nada, pois acho que isso já está começando a se tornar frequente. Ruth Lemos, Sanduich
    tu quer vir pra mim falando que aquilo foi sarcasmo?
    opa , conseguiu ser mais ridículo ainda
    como vcs são maus cara  Laughing

    ---
    que proiba, ja deveria ter feito isso desde de antes, tem que cortar o mal pela raiz  Neutral
    avatar
    The Shiro
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 402
    Posts Posts : 1805

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por The Shiro em Sab 31 Jan 2015, 00:43

    @Fabbrini20 escreveu:
    theshiro escreveu:E o pior é que que isso cria uma imagem esteriotipada ainda pior sobre a população.
    Meu professor de gramática mesmo: foi a Portugal, e quando o percebiam que era brasileiro (pelo sotaque ou quando ele mesmo falava) as pessoas o viam com maus olhos. Depois que pegou um pouco de sotaque pelos seus pais, o tratavam naturalmente.
    Por isso que quero treinar minha pronúncia em inglês ao máximo, pra quando for viajar, ou até mesmo morar nos EUA/Canadá não ser tão discriminado.
    Ou seja, eles cometem uma xenofobia pesada, são extremamente preconceituosos e, ainda por cima, tu vai abaixar a cabeça pra eles? Não pode ser assim não rapaz, sou brasileiro com muito orgulho, terra do samba, do carnaval, do futebol e os preconceituosos VÃO TER QUE ENGOLIR!

    Sobre a notícia eu não vou comentar muito, eu só fiquei abismado com os comentários: "se acabassem com o funk em todo Brasil seria melhor" e etc., poarr galera, funk É SIM CULTURA porque cultura não é só o que você gosta, o funk é a representação da vida nas favelas e nas comunidades pobres do nosso país e, como sempre, tudo que é "da ralé", "de pobre" é visto com péssimos olhos, assim como foi o samba no século passado.

    Enfim, é estranho como se preocupam em não deixar o moleque cantar e comemoram isso, mas não se perguntam qual a raiz disso, o porquê de um menino de 12 anos estar cantando pútaria tão cedo.
    Não concordo com você sobre o funk por alguns motivos:

    1- Quando diz que funk é cultura, está generalizando todos os tipos de funk, o VERDADEIRO funk (A vida cotidiana na favela e James Brown, porque James Brown é legal) e o "funk ruim (potaria, oshtentasaum, dorgas, etc.) , e claramente o funk mais lembrado por todos é o ruim, então como è maioria, não é considerado.

    2 - você disse : "tudo que é pobre e da rale, é visto com péssimos olhos". O Rap e Hip Hop são otimos do contrário, pelo menos no nosso país. Acho que demorou um pouco menos que uma década para perceberem que o Hap/Hip Hop são músicas com histórias e apelos da populacao mais necessitada (que tambem era o princípio do funk originial), diferente da situação do funk atual, que é só p***, dorgas e oshtentassaum na maioria das vezes.

    E não vou abaixar minha cabeça pra nenhum FDP, mando logo tomar no c*, mesmo não gostando desse pais e não ter nenhum costume brasileiro.

    E Vinicius sei la oq, não ligo pra sua opinião sobre mim, que aliás, não tem nada a ver com o assunto do topico. Se for possível, guarde pra você.
    avatar
    vits
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2542
    Posts Posts : 4922

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por vits em Sab 31 Jan 2015, 00:55

    Gostando ou não, Funk é uma manifestação cultural e portanto deve ser permitida em qualquer nação que se diga livre e democrática. Entretanto, na nossa nação livre e democrática, concordamos em criar meios para controlar o acesso a conteúdos que consideramos impróprios para uma dada idade, sendo assim, shows de Funk não podem ser proibidos, porém o acesso a tais shows deve ser limitado a pessoas com idade adequada.

    Como neste caso o próprio cantor não possui a idade mínima, não vejo como errada a medida de impedir a realização do show. Todavia, apenas impedir a manifestação não acabara com esse tipo de música, o que se faz necessário é uma revisam da sociedade brasileira como um todo.
    avatar
    Cortex
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 612
    Posts Posts : 2500

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por Cortex em Sab 31 Jan 2015, 00:59




    É por isso q precisamos que retire o funk rs.
    avatar
    Newtão
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 357
    Posts Posts : 2167

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por Newtão em Sab 31 Jan 2015, 03:14

    theshiro escreveu:1-  Quando diz que funk é cultura, está generalizando todos os tipos de funk, o VERDADEIRO funk (A vida cotidiana na favela e James Brown, porque James Brown é legal) e o "funk ruim (potaria, oshtentasaum, dorgas, etc.) , e claramente o funk mais lembrado por todos é o ruim, então como è maioria, não é considerado.

    E não vou abaixar minha cabeça pra nenhum FDP, mando logo tomar no c*, mesmo não gostando desse pais e não ter nenhum costume brasileiro.
    Qualquer tipo de manifestação cultural, isto inclui qualquer tipo de música, arte, dança etc. é cultura. E o funk, seja qual tipo for, é uma manifestação cultural que pode ser brasileira. Também vale lembrar que o Brasil é multicultural e cada região tem sua cultura.

    E agora me diz, porque tu não gosta da tua nação?
    avatar
    Sheik
    Toilette Princess
    Toilette Princess

    Karma Karma : 524
    Posts Posts : 4340

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por Sheik em Sab 31 Jan 2015, 03:17

    theshiro escreveu:
    @Fabbrini20 escreveu:
    theshiro escreveu:E o pior é que que isso cria uma imagem esteriotipada ainda pior sobre a população.
    Meu professor de gramática mesmo: foi a Portugal, e quando o percebiam que era brasileiro (pelo sotaque ou quando ele mesmo falava) as pessoas o viam com maus olhos. Depois que pegou um pouco de sotaque pelos seus pais, o tratavam naturalmente.
    Por isso que quero treinar minha pronúncia em inglês ao máximo, pra quando for viajar, ou até mesmo morar nos EUA/Canadá não ser tão discriminado.
    Ou seja, eles cometem uma xenofobia pesada, são extremamente preconceituosos e, ainda por cima, tu vai abaixar a cabeça pra eles? Não pode ser assim não rapaz, sou brasileiro com muito orgulho, terra do samba, do carnaval, do futebol e os preconceituosos VÃO TER QUE ENGOLIR!

    Sobre a notícia eu não vou comentar muito, eu só fiquei abismado com os comentários: "se acabassem com o funk em todo Brasil seria melhor" e etc., poarr galera, funk É SIM CULTURA porque cultura não é só o que você gosta, o funk é a representação da vida nas favelas e nas comunidades pobres do nosso país e, como sempre, tudo que é "da ralé", "de pobre" é visto com péssimos olhos, assim como foi o samba no século passado.

    Enfim, é estranho como se preocupam em não deixar o moleque cantar e comemoram isso, mas não se perguntam qual a raiz disso, o porquê de um menino de 12 anos estar cantando pútaria tão cedo.
    Não concordo com você sobre o funk por alguns motivos:

    1-  Quando diz que funk é cultura, está generalizando todos os tipos de funk, o VERDADEIRO funk (A vida cotidiana na favela e James Brown, porque James Brown é legal) e o "funk ruim (potaria, oshtentasaum, dorgas, etc.) , e claramente o funk mais lembrado por todos é o ruim, então como è maioria, não é considerado.

    2 - você disse : "tudo que é pobre e da rale, é visto com péssimos olhos". O Rap e Hip Hop são otimos do contrário, pelo menos no nosso país. Acho que demorou um pouco menos que uma década para perceberem que o Hap/Hip Hop são músicas com histórias e apelos da populacao mais necessitada (que tambem era o princípio do funk originial), diferente da situação do funk atual, que é só p***, dorgas e oshtentassaum na maioria das vezes.

    E não vou abaixar minha cabeça pra nenhum FDP, mando logo tomar no c*, mesmo não gostando desse pais e não ter nenhum costume brasileiro.

    E Vinicius sei la oq, não ligo pra sua opinião sobre mim, que aliás, não tem nada a ver com o assunto do topico. Se for possível, guarde pra você.
    Brother, você está se alterando em um fórum de internet, relaxe!
    Eu acho que esse lado cheio de erotismo e ostentação do Funk Carioca mostra, afinal, as necessidades de nossa população. Um desespero por ser diferente, por ter dinheiro para assim não acabar como "mais um favelado". 
    Já o lado do erotismo ilustra, bem para ***, a falta de educação/informação do "povão".
    avatar
    Schweppes
    Citrus
    Citrus

    Karma Karma : 2004
    Posts Posts : 6427

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por Schweppes em Sab 31 Jan 2015, 03:23

    Com 12 anos eu chorava lendo a Saga Crepúsculo.
    avatar
    Ulukai
    Special Blast
    Special Blast

    Karma Karma : 3288
    Posts Posts : 3096

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por Ulukai em Sab 31 Jan 2015, 11:06

    Vandalismo auditivo não pode ser considerado manifestação artística.

    Mesma coisa que falar que pichação de patrimônio público é arte.
    avatar
    Huligi
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 513
    Posts Posts : 2459

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por Huligi em Sab 31 Jan 2015, 11:59

    theshiro escreveu:
    @Fabbrini20 escreveu:
    theshiro escreveu:E o pior é que que isso cria uma imagem esteriotipada ainda pior sobre a população.
    Meu professor de gramática mesmo: foi a Portugal, e quando o percebiam que era brasileiro (pelo sotaque ou quando ele mesmo falava) as pessoas o viam com maus olhos. Depois que pegou um pouco de sotaque pelos seus pais, o tratavam naturalmente.
    Por isso que quero treinar minha pronúncia em inglês ao máximo, pra quando for viajar, ou até mesmo morar nos EUA/Canadá não ser tão discriminado.
    Ou seja, eles cometem uma xenofobia pesada, são extremamente preconceituosos e, ainda por cima, tu vai abaixar a cabeça pra eles? Não pode ser assim não rapaz, sou brasileiro com muito orgulho, terra do samba, do carnaval, do futebol e os preconceituosos VÃO TER QUE ENGOLIR!

    Sobre a notícia eu não vou comentar muito, eu só fiquei abismado com os comentários: "se acabassem com o funk em todo Brasil seria melhor" e etc., poarr galera, funk É SIM CULTURA porque cultura não é só o que você gosta, o funk é a representação da vida nas favelas e nas comunidades pobres do nosso país e, como sempre, tudo que é "da ralé", "de pobre" é visto com péssimos olhos, assim como foi o samba no século passado.

    Enfim, é estranho como se preocupam em não deixar o moleque cantar e comemoram isso, mas não se perguntam qual a raiz disso, o porquê de um menino de 12 anos estar cantando pútaria tão cedo.
    Não concordo com você sobre o funk por alguns motivos:

    1-  Quando diz que funk é cultura, está generalizando todos os tipos de funk, o VERDADEIRO funk (A vida cotidiana na favela e James Brown, porque James Brown é legal) e o "funk ruim (potaria, oshtentasaum, dorgas, etc.) , e claramente o funk mais lembrado por todos é o ruim, então como è maioria, não é considerado.

    2 - você disse : "tudo que é pobre e da rale, é visto com péssimos olhos". O Rap e Hip Hop são otimos do contrário, pelo menos no nosso país. Acho que demorou um pouco menos que uma década para perceberem que o Hap/Hip Hop são músicas com histórias e apelos da populacao mais necessitada (que tambem era o princípio do funk originial), diferente da situação do funk atual, que é só p***, dorgas e oshtentassaum na maioria das vezes.

    E não vou abaixar minha cabeça pra nenhum FDP, mando logo tomar no c*, mesmo não gostando desse pais e não ter nenhum costume brasileiro.

    E Vinicius sei la oq, não ligo pra sua opinião sobre mim, que aliás, não tem nada a ver com o assunto do topico. Se for possível, guarde pra você.

    1 - O funk que é ruim para você pode não ser considerado ruim para outro. Eu não gosto de funk, mas não nego que ele é cultura sim. É uma manifestação cultural cara, aceita que dói menos.

    2 - O que nossa sociedade atual grita? Machismo! Enriqueça! Pegue mulher! Não seja fraco! Seja foda! O funk é uma resposta a todos esses valores distorcidos da nossa sociedade. Não adianta querer acabar com o funk, temos que acabar com os problemas sociais que resultam em historias impressas no formato funk.

    Eu também não me enquadro muito bem no estereótipo de brasileiro, mas eu sou br poha! Eu gosto desse país de m***, com uma política de m***, que me revolta por ter tanta m***! Mas eu nasci aqui, eu preciso mudar esse lugar.
    Puxa sacos de gringaiada é bom que vão embora mesmo, galera com esse tipo de mentalidade que enxerga apenas negatividade só irão atrapalhar no processo de transformação do país.

    Reklkdos, beijinho no ombro para vocês!

    @Para algumas pessoas que comentaram no tópico:
    Conservadores... que preguiça... zzzZZZzzz...
    avatar
    The Shiro
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 402
    Posts Posts : 1805

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por The Shiro em Sab 31 Jan 2015, 12:59

    @Huligi escreveu:
    theshiro escreveu:
    @Fabbrini20 escreveu:
    theshiro escreveu:E o pior é que que isso cria uma imagem esteriotipada ainda pior sobre a população.
    Meu professor de gramática mesmo: foi a Portugal, e quando o percebiam que era brasileiro (pelo sotaque ou quando ele mesmo falava) as pessoas o viam com maus olhos. Depois que pegou um pouco de sotaque pelos seus pais, o tratavam naturalmente.
    Por isso que quero treinar minha pronúncia em inglês ao máximo, pra quando for viajar, ou até mesmo morar nos EUA/Canadá não ser tão discriminado.
    Ou seja, eles cometem uma xenofobia pesada, são extremamente preconceituosos e, ainda por cima, tu vai abaixar a cabeça pra eles? Não pode ser assim não rapaz, sou brasileiro com muito orgulho, terra do samba, do carnaval, do futebol e os preconceituosos VÃO TER QUE ENGOLIR!

    Sobre a notícia eu não vou comentar muito, eu só fiquei abismado com os comentários: "se acabassem com o funk em todo Brasil seria melhor" e etc., poarr galera, funk É SIM CULTURA porque cultura não é só o que você gosta, o funk é a representação da vida nas favelas e nas comunidades pobres do nosso país e, como sempre, tudo que é "da ralé", "de pobre" é visto com péssimos olhos, assim como foi o samba no século passado.

    Enfim, é estranho como se preocupam em não deixar o moleque cantar e comemoram isso, mas não se perguntam qual a raiz disso, o porquê de um menino de 12 anos estar cantando pútaria tão cedo.
    Não concordo com você sobre o funk por alguns motivos:

    1-  Quando diz que funk é cultura, está generalizando todos os tipos de funk, o VERDADEIRO funk (A vida cotidiana na favela e James Brown, porque James Brown é legal) e o "funk ruim (potaria, oshtentasaum, dorgas, etc.) , e claramente o funk mais lembrado por todos é o ruim, então como è maioria, não é considerado.

    2 - você disse : "tudo que é pobre e da rale, é visto com péssimos olhos". O Rap e Hip Hop são otimos do contrário, pelo menos no nosso país. Acho que demorou um pouco menos que uma década para perceberem que o Hap/Hip Hop são músicas com histórias e apelos da populacao mais necessitada (que tambem era o princípio do funk originial), diferente da situação do funk atual, que é só p***, dorgas e oshtentassaum na maioria das vezes.

    E não vou abaixar minha cabeça pra nenhum FDP, mando logo tomar no c*, mesmo não gostando desse pais e não ter nenhum costume brasileiro.

    E Vinicius sei la oq, não ligo pra sua opinião sobre mim, que aliás, não tem nada a ver com o assunto do topico. Se for possível, guarde pra você.

    1 - O funk que é ruim para você pode não ser considerado ruim para outro. Eu não gosto de funk, mas não nego que ele é cultura sim. É uma manifestação cultural cara, aceita que dói menos.

    2 - O que nossa sociedade atual grita? Machismo! Enriqueça! Pegue mulher! Não seja fraco! Seja foda! O funk é uma resposta a todos esses valores distorcidos da nossa sociedade. Não adianta querer acabar com o funk, temos que acabar com os problemas sociais que resultam em historias impressas no formato funk.

    Eu também não me enquadro muito bem no estereótipo de brasileiro, mas eu sou br poha! Eu gosto desse país de m***, com uma política de m***, que me revolta por ter tanta m***! Mas eu nasci aqui, eu preciso mudar esse lugar.
    Puxa sacos de gringaiada é bom que vão embora mesmo, galera com esse tipo de mentalidade que enxerga apenas negatividade só irão atrapalhar no processo de transformação do país.

    Reklkdos, beijinho no ombro para vocês!

    @Para algumas pessoas que comentaram no tópico:
    Conservadores... que preguiça... zzzZZZzzz...
    O comentário do Ulukai expressa profundamente minha opinião sobre seus argumentos 1 e 2: 
    Vandalismo auditivo não pode ser considerado manifestação artística.

    Mesma coisa que falar que pichação de patrimônio público é arte.

    Quase qualquer coisa que atrapalhar o governo durante a corrupção e lavagem de dinheiro será parado. Mudar esse país é quase impossível se não houver planejamento e. principalmente educação e conhecimento.
    avatar
    Alejandro_
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1404
    Posts Posts : 3901

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por Alejandro_ em Sab 31 Jan 2015, 13:28


    "40% Oral, 60 pra tu sentar
    40% Oral, 60 pra tu sentar"

    "Planeta da p***"
    "A novinha é toda meiga
    A novinha é toda meiga
    Foi sentando na piroca
    Começou a ver estrelas"
    "Vou levar ela pro céu
    Vou f**** ela com tudo
    Quica em vênus
    Para em marte
    E depois tu senta em saturno"

    "Como é bom transar com a p*** profissional
    Como é bom transar com a p*** profissional
    Vem f**** no clima quente
    No calor de 30 grauus"

    "É piroca encaixando na xota
    E é saco batendo na bunda
    É piroca encaixando na xota
    E é saco batendo na bunda"

    "Vem Piriquita"

    "Novinha Sapeca, Ta Doendo?"

    "Vem mamando a Tropa"

    "Romano da p***"

    "Cai com a *** pra frente"

    As músicas falam de Bebidas, Drogas, Prostituição e Sexo...

    Sim, isso é Cultura, é Arte.

    Mas só porque é Cultural não deixa de ser algo imoral e erótico, coisas que em público geram tabus... A maioria dos  funks atuais falam de coisas assim, além da ostentação.

    Acho que deveria ter um equilibrio entre o povo: O povo deveria ver o funk como algo bom, que expresse opniões e filosofias, e o funk deveria manerar no eroticismo e menção as drogas, mesmo que isso, de alguma forma, defina as favelas e afins...
    avatar
    Fabbrini20
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1260
    Posts Posts : 8909

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por Fabbrini20 em Sab 31 Jan 2015, 13:34

    @Mazzina escreveu:Concordo com grande parte do que vc falou Fabbrini, só tenho um ou dois poréns.

    Primeiro, eu concordo com a sua opinião sobre essa xenofobia. Tudo bem que ser discriminado é algo que afeta uma pessoa, mas só piora se vc tiver vergonha (mesmo que não goste muito do seu próprio país). Na minha opinião, essa lógica de esconder o sotaque pra não ser discriminado é semelhante à lógica de que se uma mulher não quer ser estuprada, que vista roupas mais cobertas (me sinto meio hipócrita até ao dizer isso, já que qndo essa reportagem saiu pela primeira vez, eu percebi que eu pensava assim. Fiquei com vergonha até.)

    O segundo ponto tb concordo. Não adianta negar o funk, ele já é um elemento da nossa cultura. É inclusive conhecido fora do país, a gente querendo ou não. Discriminar não vai mudar nada.

    Agora o terceiro ponto que discordo um pouco. Apesar de eu concordar que ver a raiz do problema seja necessário, acho SIM importante proibir o garoto e comemorar. Porque uma coisa é uma pessoa adulta, que já possui ideias formadas e entende como a coisa funciona. Outra é deixar uma criança cantar sobre esse tema. Celebridades são pessoas em que muitos jovens se espelham, e ver alguém de idade tão nova falando dessas coisas faz pensar que nessa idade tem que ser assim, o que é errado. Cortar o mal pela raiz é bom, mas só cortar quando a árvore já deu fruto não muda nada. Então tomar a medida de proibir o garoto o mais rápido possível é sim necessária.

    Bem, acabou o wall text. Obrigada aos que leram lol.
    Sobre o terceiro ponto, sim, eu entendo, mas ninguém questiona a raiz disso, só fica no "AEEEE, FUNK NUNCA MAIS TEM Q ACABAR COM TODOS KAKAKA".

    Sobre o fato das roupas curtas, bem, não é culpa sua, assim como não é culpa do theshiro sentir vergonha de seu país se fosse vítima de xenofobia. Essas coisas marcam muito a vida de uma pessoa, ainda mais com um machista dizendo a cada segundo que "só é estuprada quem deixa" ou "por que ela usa roupas tão curtas assim? É óbvio que queria ser estuprada", mas essas pessoas não sabem que a maioria dos estupros são causados por membros da própria família da vítima ou amigos próximos. Além disso, um número imenso de mulheres é estuprada usando calças. Enfim, o fato de você não quer usar roupa curta pra se proteger é normal, é algo que a sociedade te impõe, não sinta vergonha disso.

    @Ulukai escreveu:Vandalismo auditivo não pode ser considerado manifestação artística.

    Mesma coisa que falar que pichação de patrimônio público é arte.
    Muitas pichações são feitas como forma de protesto. O grafite, por exemplo, é considerado uma arte, mas ninguém fica de mimimi porque "suja paredes públicas".

    E, hm, se "vandalismo auditivo" não pode ser considerado arte, muitas músicas de Rap, Hip-Hop e até de Pop americano também não podem ser consideradas como arte, músicas que muito brasileiro que critica funk canta com vontade.
    theshiro escreveu:
    1- Quando diz que funk é cultura, está generalizando todos os tipos de funk, o VERDADEIRO funk (A vida cotidiana na favela e James Brown, porque James Brown é legal) e o "funk ruim (potaria, oshtentasaum, dorgas, etc.) , e claramente o funk mais lembrado por todos é o ruim, então como è maioria, não é considerado.

    2 - você disse : "tudo que é pobre e da rale, é visto com péssimos olhos". O Rap e Hip Hop são otimos do contrário, pelo menos no nosso país. Acho que demorou um pouco menos que uma década para perceberem que o Hap/Hip Hop são músicas com histórias e apelos da populacao mais necessitada (que tambem era o princípio do funk originial), diferente da situação do funk atual, que é só p***, dorgas e oshtentassaum na maioria das vezes.
    1 - Sim, eu estou generalizando, AMBOS SÃO MANIFESTAÇÕES CULTURAIS e ponto. Cultura não é só o que você gosta ou o que você acha bonito. Então o funk da pútaria é cultura sim.

    2 - O rock sempre foi marcado pelo lema "sexo, drogas e rock'n roll" e nenhum brasileiro fez apelo contra roqueiros famosos que cantavam músicas com esses lemas. O Pop americano, que eu já citei, também tem suas extravagâncias com pútarias e tudo mais, mas ninguém fica de mimimi também. Eu acho que é o grande complexo de vira-lata do brasileiro, tão clichê e tão presente.

    Sobre o post do Huligi, perfeito, sem mais. Só queria falar algo sobre o ponto 2: há funks, como os da Valesca, que, ao meu ver, servem, inclusive, como forma de independência feminina, algo do tipo "saio como quiser, fico com eu quiser, dou minha xavasca pra quem eu quiser e você não tem nada a ver com isso".

    Enfim, é isso aí. Very Happy
    avatar
    Ulukai
    Special Blast
    Special Blast

    Karma Karma : 3288
    Posts Posts : 3096

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por Ulukai em Sab 31 Jan 2015, 13:49

    Só imaginem indo pegar o metrô com seu filhinho de 5 anos e chega 3 malukos zika com caixa de som "VEEEM QUE VOU TE TACAR O PIRUU AAAH EU VOU GOZAAAAH"

    Você vira pro teu filho: é arte Ulukai

    ----

    PS: estou só zuando, nem estou com cabeça pra discutir a sério WOW amo vocês <3

    Conteúdo patrocinado

    Re: [Debate]Você acha isso certo?

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab 22 Jul 2017, 03:40